Mercado da bola: confira a lista das contratações mais caras dos times da Série A do Brasileirão em 2021

Com aporte financeiro do patrocinador, o Bragantino, que é um ‘clube-empresa’ é um dos grandes destaques do mercado da bola e aparece algumas vezes na lista das contratações mais caras.

Mercado da bola: confira a lista das contratações mais caras dos times da Série A do Brasileirão em 2021

A pandemia do coronavírus segue afetando financeiramente os clubes brasileiros, que no último ano perderam receitas importantes, como bilheteria e sócio-torcedor. E o momento complicado tem interferido diretamente na busca por reforços, isso porque nesta janela de transferências poucas equipes investiram pesado em contratações para a disputa dos estaduais, fase de grupos da Libertadores e Série A do Campeonato Brasileiro.

Entre reforços contratados para a temporada de 2021 por times da elite do brasileirão, o destaque é o meio-campista Nacho Fernandéz, que trocou o River Plate pelo Atlético-MG por € 4,9 milhões (cerca de R$ 32 milhões na cotação da época da negociação). O Galo ainda gastou cerca de R$ 7,5 milhões para adquirir, em definitivo, os direitos econômicos do meia Hyoran junto ao Palmeiras.

A movimentação do Atlético nesta temporada é muito diferente da que o clube fez em 2020, quando investiu cerca de R$ 165 milhões para contratar nomes como Matías Zaracho, Savarino, Marrony, Keno, Allan e Guilherme Arana.

O Flamengo, que gastou mais de R$ 200 milhões com reforços em 2019 e pouco mais de R$ 140 milhões em 2020, para a atual temporada investiu pesado apenas na permanência do atacante Pedro. Depois de um ano de empréstimo, em dezembro o clube rubro-negro anunciou a compra do jogador ao desembolsar € 14 milhões (cerca de R$ 88,2 milhões na cotação da época) pelo negócio. O único reforço ‘inédito’ foi o zagueiro Bruno Viana, contratado por empréstimo.

O Palmeiras, que nos últimos anos fez contratações e investimentos importantes no mercado da bola, para a temporada de 2021 fez apenas a manutenção do elenco que conquistou a Tríplice Coroa e contratou o volante Danilo Barbosa por empréstimo junto ao Nice, da França. O clube até tentou nomes como Santos Borré, do River Plate, e Valentín Castellanos, do New York City, mas sem sucesso.

Principal contratação do futebol brasileiro na temporada até o momento, o atacante Douglas Costa, repatriado pelo Grêmio, foi contratado por empréstimo e o Tricolor gaúcho não precisou investir para ter o jogador até junho de 2022.

Com dados do site Transfermarkt, especializado em mercado do futebol, listamos as contratações mais caras dos times da Série A do Brasileirão até o momento. Vale lembrar que a janela para transferências internacionais fechou no último domingo, dia 23, e só irá reabrir em 1º de agosto – até lá, as equipes poderão contratar reforços no mercado nacional ou jogadores que já estavam livre no mercado antes da janela fechar.

A lista das contratações mais caras foi dividida entre reforços contratados em 2021 e jogadores que tiveram seus direitos econômicos adquiridos de forma definitiva para a temporada – alguns negócios foram confirmados antes do fim da temporada passada, quem por causa da pandemia terminou apenas em fevereiro. Os valores em reais estão de acordo com a cotação do euro no dia em que cada negócio foi oficializado.

11 contratações mais caras da temporada de 2021:

Nacho Fernandez (Atlético-MG) – € 4,9 milhões (R$ 32 milhões)
Carlos Palácios (Internacional) – € 2,73 milhões (R$ 17 milhões)
Orejuela (São Paulo) – € 2 milhões (R$ 13,28 milhões)
Matheus Babi (Athletico Paranaense) – € 1,73 milhão (R$ 12 milhões)
David Terans (Athletico Paranaense) – € 1,10 milhão (R$ 7,2 milhões)
Thiago Santos (Grêmio) – € 1 milhão (R$ 5,6 milhões)
Gabriel Novaes (Red Bull Bragantino) – € 900 mil (R$ 6 milhões)
Jadsom (Red Bull Bragantino) – € 830 mil (R$ 5,3 milhões)
Natan (Bragantino/Empréstimo) – € 765 mil (R$ 5 milhões)
Stiven Mendoza (Ceará) – € 600 mil (R$ 4 milhões)
Óscar Ruiz (Bahia) – € 340 mil (R$ 2,2 milhões)

Contratações em definitivo para a temporada de 2021:

Pedro (Flamengo) – € 14 milhões (R$ 88,2 milhões)
Luan Peres (Santos) – € 3 milhões (R$ 20 milhões)
Vitinho (Bragantino) – € 1,5 milhão (R$ 10 milhões)
Hyoran (Atlético-MG) – € 1,15 milhão (R$ 7,5 milhões)
Lima (Ceará) – € 530 mil (R$ 3,5 milhões)
Weverson (Bragantino) – € 300 mil (R$ 2 milhões)